Quem Somos

QUEM É E COMO NASCEU A ABRASEEIO?

Preocupados em elevar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados aos estudantes que buscam a Oceania como destino para desenvolvimento educacional, especialmente para aprimoramento da língua Inglesa, um grupo envolvendo a maioria absoluta das empresas que atuam neste mercado no Brasil, reuniu-se para discutir assuntos e ações que pudessem conduzi-las nesta direção.  Inicialmente observou-se haver uma fina sintonia entre os interesses neste sentido, bem como objetivos claros, em comum, entre todos. Derivou-se então deste encontro inicial, após um detalhado processo de sensibilização e análise, a necessidade da criação de uma associação e aos 16 dias do mês de outubro do ano de 2009, após cumprimento de todas as formalidades legais, foi criada a ABRASEEIO – Associação Brasileira das Empresas Especialistas em Intercâmbio para Oceania.

NOSSA MISSÃO

Promover a Oceania como destino para estudos, unindo escolas, agências de intercâmbio, empresas do setor e governos; Criando padrões de conduta e atuação no mercado; Fortalecendo o setor, trazendo segurança, credibilidade e respeito ao mercado e seus consumidores.

Atualmente a ABRASEEIO  já é reconhecida tanto pelas escolas como pelos principais órgãos ligados ao setor e aos governos como por exemplo Australia Immigration , Education New Zealand, Imigration New Zealand , Study in Australia.

SOBRE O CÂMBIO

A fim de cumprir sua missão, a ABRASEEIO divulga diariamente o câmbio com base nos critérios abaixo. Com esta informação, os alunos podem ter uma referência segura para fazer suas avaliações. Vale ressaltar que os preços das escolas são tabelados em dólares, e para segurança e proteção do mercado, não é permitido a nenhuma agência, praticar preços divergentes destas tabelas, nem diretamente e nem indiretamente através da manipulação do câmbio pois isso representa um desequilíbrio financeiro para operação e consequente risco direto aos alunos.
O câmbio oficial sugerido pela ABRASEEIO representa a média da taxa cambial de remessa do último dia cobrada pelas principais instituições financeiras acrescidas de:
a) alíquota do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras;
 b) taxas cobradas pelas instituições financeiras pelo serviço de envio de valores ao exterior e;
 c) valor desembolsado pelas agências para a proteção cambial dos valores a serem recebidos dos alunos.
* Ressaltamos que o câmbio aqui divulgado é apenas uma sugestão do valor mínimo a ser cobrado sem representar riscos financeiros para alunos e agências.